Resoluções

Compilado pelo Rev. Dr. Lee B. Spitzer, Historiador do BWA

Bem-vindo ao Arquivo Histórico da Aliança Mundial Batista!

Temos o prazer de compartilhar com vocês todo o conjunto de Resoluções, Manifestos, Mensagens e Proclamações aprovadas pelos delegados participantes dos Congressos Mundiais da Aliança Mundial Batista de 1905 a 2015 (o Congresso de 2020 foi adiado para 2021 devido à pandemia global).

Além disso, estamos oferecendo as Resoluções e Manifestos aprovados pelo Conselho Geral do BWA, que se reúne anualmente. A coleção on-line inclui os anos 1976-2019. As Resoluções do Comitê Executivo do BWA estão sendo compiladas atualmente, e um número limitado já está acessível. A coleção será ampliada ao longo do tempo.

Cada documento da Resolução está em formato PDF e procura reproduzir o texto original o mais próximo possível. Isto significa que a linguagem e a pontuação podem ser arcaicas e não estar de acordo com os padrões contemporâneos de discurso. As ortografias das palavras às vezes estão em inglês britânico e foram preservadas como foram originalmente publicadas. Sou o único responsável por quaisquer erros tipográficos na reprodução, e apreciaria muito se você partilhasse comigo qualquer coisa que possa descobrir.

É a esperança do BWA que esta coleção seja útil para estudiosos, historiadores, líderes denominacionais e clérigos. Cada documento agora contém um número de identificação único, palavras-chave temáticas e quatro tipos de citações para fins acadêmicos.

A gama de questões cobertas pela coleção é abrangente, e muitas das Resoluções falam das preocupações contemporâneas (como racismo, antisemitismo, pobreza e guerra) com sabedoria multi-cultural, integridade espiritual e profundidade intelectual. Os leitores que procuram aprender como os batistas em escala global e através do tempo têm abordado a condição humana em todas as suas variações (moral, social, econômica, política, etc.) serão recompensados e desafiados.

Na política batista, as Resoluções e outras declarações coletivas não são vinculativas para indivíduos ou igrejas batistas. Elas pretendem compartilhar sabedoria e elevar a consciência em vez de exigir ou coagir a conformidade ou impedir a liberdade da alma e a responsabilidade do povo de seguir a Deus de acordo com os ditames de sua própria consciência cristã. No prefácio ao Relatório Oficial do Congresso Mundial do Jubileu de Ouro de 1955 (p. 6), o Secretário Geral do BWA, Arnold T. Ohrn, declarou bem este princípio:

Além disso, deve ser entendido que um Congresso da Aliança, ao adotar pronunciamentos, pode falar por si só. As resoluções naturalmente carregam grande autoridade moral, vindas como vêm de um Congresso tão representativo dos batistas do mundo inteiro. Mas nenhum sindicato ou convenção jamais autorizou um Congresso Mundial Batista a falar em seu nome. As pessoas que votaram a favor das resoluções, o fizeram em seu próprio nome, não em nome de suas igrejas ou convenções. Mas estas declarações nunca teriam sido propostas, muito menos adotadas, se não fossem consideradas indicativas das tendências de opinião dentro do mundo batista.

Se você precisar de qualquer outra assistência na utilização deste arquivo histórico on-line, sinta-se à vontade para entrar em contato comigo.

Sinceramente,

Rev. Dr. Lee B. Spitzer,
BWA Historian (Clique aqui para entrar em contato)

Para facilidade de referência, clique em um dos botões abaixo para ver as resoluções nessa categoria.

Pesquisar todas as resoluções para um tópico

Por Década - Todas as Resoluções

Resolução contra a violência e o abuso de mulheres e meninas

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Zurique, Suíça, de 2 a 6 de julho:
AFIRMA que mulheres e meninas são criadas à imagem de Deus e investidas com inestimável valor e dignidade como dons de Deus, e são essenciais para a saúde e vitalidade das famílias, igrejas, comunidades e da vida nacional;

Resolução sobre o Ministério para Refugiados

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Resolução sobre Liberdade Religiosa nos EUA

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Bangkok, Tailândia, de 5 a 7 de julho de 2017:
AFIRMA a liberdade de religião e crença como um valor central confirmado na história batista e se opõe a todas as formas de discriminação baseadas na fé ou religião;

Resolução sobre a Crise Humanitária na Venezuela

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Bangkok, Tailândia, de 5 a 7 de julho de 2017:
DECLARA suas preocupações com o clima de instabilidade política e social e de violência na Venezuela, o que levou à deterioração das condições sócio-econômicas, incluindo a escassez de alimentos e medicamentos;

Resolução sobre a Liberdade Religiosa na Rússia

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Bangkok, Tailândia, de 5 a 7 de julho de 2017:
REAFIRMA nosso histórico compromisso batista com a liberdade religiosa como um presente de Deus a todas as pessoas, independentemente da denominação ou religião; e que este mesmo compromisso está consagrado na Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas, Artigo 18, da qual a Federação Russa é signatária;

Situação na Ucrânia

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:

NOTAS com preocupação que, na Crimeia e na Ucrânia Oriental em geral, a situação tem levado a um aumento da perseguição religiosa, especialmente contra os cristãos evangélicos;

Apêndice II: Documento das Resoluções da Aliança Mundial Batista

1. A diversificada família batista mundial, representada através da Aliança Mundial Batista (BWA), está preocupada com as questões religiosas, missionárias, sociais, culturais, políticas e econômicas contemporâneas que afetam a família global.

2. Um meio de dar expressão às conclusões que os batistas tiram sobre questões que lhes dizem respeito, e de testemunhar isso perante o mundo, é através da preparação, adoção e compartilhamento de resoluções propostas pelos órgãos membros, comissões, etc., para aprovação pelo Conselho Geral do BWA.

3. A abordagem do BWA para enquadrar resoluções é informada pelo ensino bíblico e baseada na fé trinitária dos batistas. As resoluções são moldadas pelos valores e convicções geralmente afirmados pelos Batistas e são propostas pelos membros da família Batista, ou pelo Comitê de Resoluções, que também as considera, as revisa e as altera quando necessário para apresentação ao Conselho Geral para consideração e possível adoção.

Resolução sobre Refugiados na África Oriental

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Bangkok, Tailândia, de 5 a 7 de julho de 2017:
NOTAS com apreço a resolução intitulada "Ministério para Refugiados" adotada pelo Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016;

Resolução sobre liberdade de religião na região de Lugansk na Ucrânia Oriental

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Zurique, Suíça, de 2 a 6 de julho de 2018:
EXPRESSA que a situação das comunidades religiosas é precária na parte oriental da Ucrânia - a região de Lugansk. A região é parte de uma área de conflito agora amplamente compreendida como estando sob o controle da Rússia, que reconheceu a área como "A República Popular de Lugansk (LPR)".

Resolução sobre escravidão e tráfico de pessoas

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Bangkok, Tailândia, de 5 a 7 de julho de 2017:

RECONHECE que o Conselho Geral tem lembrado regularmente à família global de batistas sobre a má prática da escravidão moderna;

Resolução sobre a Preservação do Primado da Família na Imigração

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Zurique, Suíça, de 2 a 6 de julho de 2018:
RECONHECE que o desejo humano de preservar e proteger sua família da violência, doenças, depravação econômica e outras condições ameaçadoras é universal e impulsiona milhões de pessoas a deixar suas pátrias em busca de uma vida melhor para si e para seus familiares;

Reconhecendo e afirmando o chamado da mulher na Igreja

CELEBRA a Conferência Internacional Batista de Educação Teológica que se reuniu em Nassau, Bahamas, de 5 a 7 de julho de 2019, com o tema "JUNTOS: Re-Imagining, Re-Reading HERstory in the Church", com discussões significativas sobre as mulheres na igreja;

Resolução sobre o Haiti

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocho Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
RECONHECE que a República do Haiti foi o primeiro, e por muito tempo, o único Estado do mundo a reconhecer a igualdade de direitos para todos os seres humanos, independentemente do gênero, condição econômica ou qualquer outra consideração;

Resolução sobre o Acordo de Paris e a Mudança Climática

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016: CONTINUA A ACREDITAR E A AFIRMAR:
- Deus é o criador, sustentador e Senhor de todos, deleita-se com a criação, e está comprometido com seu cuidado e renovação;
- O ensinamento bíblico de que a Terra é criação de Deus e nós, também como criação de Deus, devemos cultivar e cuidar dela;

Crise de Kachin

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
LAMENTA as atrocidades ocorridas em Rakhine, Chin, Karen e Kachin nos estados de Mianmar;

Resolução sobre Corrupção

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Cristãos em risco de perseguição

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista (BWA), reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE os perigos muito reais enfrentados por muitos cristãos em várias partes do mundo que sofrem intolerância e perseguição por parte de governos e autoridades de diferentes convicções políticas, religiosas e ideológicas;

Abuso Sexual Infantil na Igreja

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
AFIRMA o valor intrínseco e inestimável das crianças e dos jovens como dons de Deus e como promessa das gerações futuras;

Encorajando o Discipulado na Turquia

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014: RECONHECE a coragem e a fidelidade dos discípulos de Cristo na nação da Turquia;
RECONHECE os esforços do governo para o respeito mútuo e a tolerância entre os diferentes grupos religiosos, que ajudam a promover a paz e a harmonia entre todos os seus povos;

Crise atual na Península Coreana

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
REGISTA, com preocupação, o teste nuclear realizado pela República Popular Democrática da Coréia (RPDC), a escalada da retórica envolvendo a RPDC, a República da Coréia e os EUA da América, e o medo de que isso possa levar a um conflito armado na região;

Direitos Humanos baseados no trabalho do anabaptista Richard Overton

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013, em homenagem ao vencedor do prêmio de Defesa dos Direitos Humanos para 2013, Glen Stassen:
RECORDA as contribuições do anabaptista inglês Richard Overton que encorajou os cristãos a descobrir os direitos humanos reconhecendo a regra de Deus como revelada em Jesus;

Resolução sobre pessoas deslocadas

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
LEMBRE-SE de que a Bíblia honra as pessoas deslocadas, incluindo o povo de Israel que viveu como exilado por quarenta anos antes de entrar em Canaã (Êxodo 13ss.), e que mais tarde experimentou deslocamento, perda e trauma quando exilado para a Assíria e Babilônia (por exemplo, 2 Reis 24:10-16), e o Senhor Jesus Cristo que, com sua família, experimentou a vida como deslocado (Mateus 2:13-23);

Crise no Oriente Médio e no Norte da África

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
RECONHECE que o impacto da "Primavera Árabe" no Oriente Médio e no Norte da África levou a um aumento na perseguição de minorias, incluindo os cristãos;

Fim do Embargo aos Estados Unidos da América (EUA) a Cuba

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
RECONHECE que já se passaram mais de duas décadas desde o fim da Guerra Fria e que a maioria das manifestações negativas dessa luta foram amenizadas, exceto pelo contínuo embargo dos EUA contra Cuba, iniciado em 1960;

Igualdade de Gênero e Violência Baseada em Gênero

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
CRÊ que todos são criados à imagem de Deus e assim possuem dignidade e valor inalienáveis, e que Jesus Cristo, que morreu na cruz tanto por mulheres como por homens, nos manda amar uns aos outros, como Ele nos amou (João 13:43);

Apreciação pelo Dr. J. Deotis Roberts

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Mianmar, Violência e Liberdade Religiosa

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014: AFIRMA os muitos passos significativos dados pelo governo do Presidente Thein Sein em Myanmar nos últimos anos para flexibilizar as restrições e permitir uma sociedade mais aberta.

Gratidão pela Vida e Ministério de George Liele

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Proclamação do Evangelho

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Dr. Duke K. McCall in Memoriam

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Nelson Mandela

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
LAMENTA as atrocidades ocorridas em Rakhine, Chin, Karen e Kachin nos estados de Mianmar;

A mudança climática e nossa responsabilidade

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Crise na Nigéria

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Testemunha cristã em um mundo multi-religioso

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Missão Batista Global

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Liberdade Religiosa

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

O Legado da Libertação de Sam Sharpe

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 6 a 8 de julho de 2016:
RECONHECE os profundos desafios criados em muitas partes de nosso mundo pelo fluxo maciço de refugiados e pessoas deslocadas,

Tribunal de Justiça do Caribe

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ocha Rios, Jamaica, 1-6 de julho de 2013:
LAMENTA as atrocidades ocorridas em Rakhine, Chin, Karen e Kachin nos estados de Mianmar;

Resolução sobre o Oriente Médio

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Kuala Lumpur, Malásia, de 4 a 9 de julho de 2011:
REGISTA os eventos atuais em vários países do Oriente Médio como uma oportunidade para mudanças positivas pacíficas nas sociedades e, portanto:

Resolução sobre o Processo de Reconciliação Naga

Recordando que nosso Senhor Jesus pronunciou "abençoados" aqueles que trabalham pela paz, (Mt 5,9);
Lembrando que o apóstolo Paulo declara que, "Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo ... nos deu o ministério da reconciliação" (2 Cor. 5:18);

Resolução sobre o Sul do Sudão

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Kuala Lumpur de 4 a 9 de julho de 2011:
RECONHECE o estabelecimento do novo estado do Sul do Sudão, e a alegria de alcançar a independência, e se junta a nossos irmãos e irmãs enquanto comemoram sua recém-fundada independência.

Resolução sobre "Minerais de Conflito

CIENTE de que há 15 anos a região leste da República Democrática do Congo está envolvida na guerra, com cerca de 5.400.000 mortos devido à guerra e seus efeitos e com cerca de 45.000 mortos por mês no leste do Congo por doenças e fome resultantes do conflito em curso;

Apreciação pela Gardner Calvin Taylor

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Resolução sobre Evangelismo

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Resolução sobre trabalhadores estrangeiros convidados

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Resolução sobre Liberdade Religiosa

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Izmir, Turquia, de 9 a 11 de julho de 2014:
RECONHECE que todo ser humano é criado à imagem de Deus e, portanto, tem um
valor para Deus e para o mundo (Gênesis 1:26-27);

Oração pela Justiça e Misericórdia para as Nações e os Povos em Conflito

Expressamos nossa preocupação com as nações e povos que estão presos em um círculo terrível de ódio, violência, injustiça e sofrimento, que vivem com medo em estados policiais onde os atos terroristas e as incursões militares são eventos regulares.
Reconhecemos ainda que a opressão e as depravações de um grupo levam à raiva e à violência do outro, que é então agravada pelo primeiro.

Ministério da Reconciliação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Expressa profunda tristeza e pesar por conflitos religiosos e étnicos que ceifam muitas vidas e criam profundas cicatrizes em diferentes partes do mundo;

Crianças

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reuniu-se em Sevilha, Espanha, de 8 a 13 de julho de 2002: AFIRMA que Jesus Cristo chama a igreja para proclamar o evangelho a todas as nações (Mt 28,18- 20);
COMENDA nossa Divisão de Evangelismo e Educação por sua liderança na promoção do evangelismo global;

Declaração de Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido na Cidade do México, de 3 a 8 de julho de 2006:
Oferece sinceros agradecimentos à Convenção Batista do México pelo convite para a realização deste Encontro Anual nesta maravilhosa cidade.

Zimbábue

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Alegra-se com o trabalho que Deus está fazendo entre seu povo no Zimbábue e em particular através das igrejas batistas do Zimbábue;

O Oriente Médio

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reuniu-se em Sevilha, Espanha, de 8 a 13 de julho de 2002:
DEPLORA a violência contínua no Oriente Médio;
LAMENTA a ausência de paz para todos os povos do Oriente Médio;
REGISTA que a ausência de paz para o Oriente Médio contribui para o sofrimento em todo o mundo;

Crise do HIV/AIDS

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido na Cidade do México, de 3 a 8 de julho de 2006:
Observa novamente a grande urgência da crise do HIV/AIDS e lamenta que 65 milhões de pessoas tenham sido infectadas e mais de 25 milhões de pessoas tenham morrido de HIV/AIDS nos últimos 25 anos.

400º Aniversário da Formação da Primeira Congregação Batista

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Decide comemorar os 400 anos da primeira congregação batista, formada em Amsterdã em 1609, reunindo-se para seu próximo Encontro Anual na Holanda, em 2009;

Contra o Terrorismo

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reuniu-se em Sevilha, Espanha, de 8 a 13 de julho de 2002:
NOTAS com profunda tristeza o contínuo sofrimento e destruição causados por vários tipos de terrorismo;
EXTENDE sua simpatia a todas as vítimas do terrorismo e incentiva as iniciativas para oferecer alívio a essas vítimas;

Sobre Direitos Humanos e Abusos em Mianmar

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido na Cidade do México, de 3 a 8 de julho de 2006:
Reconhece os vínculos históricos dos batistas com a Birmânia [Myanmar], que remontam ao trabalho de Adoniram Judson e seus colegas no século XIX.

Evangelismo e Contextualização do Evangelho

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Dá graças a Deus pelo rico legado espiritual de reformadores como Jan Hus e Petr Chelcicky cujo testemunho ainda inspira a vida batista tcheca que começou há cento e cinqüenta anos;

Parabéns ao ex-presidente dos EUA, Jimmy Carter

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido no Rio de Janeiro, Brasil, de 7 a 12 de julho de 2003:
RECONHECE a importância do trabalho dos batistas em todo o mundo, individual e coletivamente, para levar paz e justiça a todo o povo de Deus;
RECONHECE os esforços incansáveis do ex-presidente Jimmy Carter para trazer paz e justiça ao mundo;

Sobre o Sudão

Manifesta preocupação com os conflitos armados em andamento que resultaram em mais de 2.000.000 de mortos e mais de 1.000.000 de deslocados e numerosas outras violações dos direitos humanos. Estas violações são evidentes em Darfur, mas existem em todo o Sudão. Encoraja a criação de mais redes entre as igrejas batistas sudanesas que estão isoladas pelos efeitos da guerra.

Conferência Batista da Juventude

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Elogia o Departamento da Juventude e outras entidades da Aliança Mundial Batista por seus papéis na visão, organização e promoção da Conferência Mundial da Juventude Batista "Dive Deeper" em Leipzig, Alemanha, de 30 de julho a 3 de agosto;

Conselho Metodista Mundial

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido no Rio de Janeiro, Brasil, de 7 a 12 de julho de 2003:
CELEBRA com o Conselho Metodista Mundial o 300º aniversário do nascimento de John Wesley, fundador do Metodismo;
OBRIGADO a Deus pelas bênçãos de Deus e pelo uso da Igreja Metodista no trabalho do Reino de Deus durante estes três séculos;

Evangelismo e Missões

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido na Cidade do México, de 3 a 8 de julho de 2006:
Reafirma no início de um novo século de vida da Aliança Mundial Batista e testemunha nosso compromisso de proclamar e demonstrar, através de palavras e obras, nossa fé em Jesus Cristo como Salvador e Senhor.

Água Viva

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Ede, Holanda, de 27 de julho a 1º de agosto de 2009;
Dá graças a Deus pelo impacto das conferências 'Água Viva' sobre evangelismo e desenvolvimento de liderança em órgãos batistas regionais e nacionais;

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Oferece sinceros agradecimentos ao Sindicato Batista da República Tcheca pelo convite para realizar este Encontro Anual em Praga;

Revolta na África

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido no Rio de Janeiro, Brasil, de 7 a 12 de julho de 2003:
COMENDA as igrejas e missões cristãs na África, especialmente as congregações batistas, por seu compromisso com a Grande Comissão de Mateus 28, que resultou em algumas das comunidades cristãs mais vibrantes e de crescimento mais rápido do mundo;

Evangelismo e Contextualização do Evangelho

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Dá graças a Deus pelo rico legado espiritual de reformadores como Jan Hus e Petr Chelcicky cujo testemunho ainda inspira a vida batista tcheca que começou há cento e cinqüenta anos;

Sobre a Liberdade Religiosa

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido no Rio de Janeiro, Brasil, de 7 a 12 de julho de 2003:
RECONHECE que todo ser humano é de valor intrínseco, sendo criado à imagem de Deus e possuindo a possibilidade de comunhão com o Deus do universo;
AFIRMA que um dos direitos básicos de cada ser humano é o direito de adorar aberta e livremente, de acordo com os ditames do seu próprio coração;

Em Darfur

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Mantém a preocupação constante com os conflitos armados, a fome provocada, a destruição de comunidades, a falta de verdade transparente e de responsabilidade e outras violações dos direitos humanos no Sudão.

Missão Global

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Havana de 5 a 8 de julho de 2000
REAFIRMA a prioridade dada pela Aliança Mundial Batista à missão e ao evangelismo;
RECORDA os programas evangelísticos especiais desenvolvidos por muitas Uniões e Convenções organizadas para o final dos anos 90, incluindo o programa BWA de um mês especial de evangelismo e seu chamado para renovar nosso compromisso evangelístico no início de uma nova era;

Refugiados e Imigração

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Reconhece o crescimento global da migração de refugiados e da relocalização internacional com mais de 67 milhões de refugiados e deslocados internos e mais de 191 milhões de migrantes internacionais;

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido no Rio de Janeiro, Brasil, de 7 a 12 de julho de 2003:
REGISTA com apreço a disposição dos batistas coreanos de sediar a reunião de 2003 do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista e aguarda com expectativa a reunião em Seul em 2004;

Baptist World Aid and the Poor in God's World

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Renova sua decisão tomada no Conselho Geral em Seul, Coréia, 2004, de fortalecer a capacidade das agências de ajuda e desenvolvimento, como a Baptist World Aid, de dar uma resposta bíblica às necessidades dos pobres e oprimidos, de acordo com a campanha do Desafio Miquéias para apoiar a iniciativa da ONU de 2000 sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio para reduzir pela metade o nível de pobreza mundial até 2015;

Educação Teológica

AFIRMA o papel da educação teológica como essencial para o desenvolvimento de pastores e líderes de igrejas que levarão a liderança serviçal à tarefa de desenvolver igrejas crescentes e vitais para realizar a missão do Deus Trino, Pai, Filho e Espírito Santo;

Ministério da Reconciliação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Expressa profunda tristeza e pesar por conflitos religiosos e étnicos que ceifam muitas vidas e criam profundas cicatrizes em diferentes partes do mundo;

Oriente Médio

COMENDA a liderança do Presidente dos EUA George W. Bush, do Primeiro Ministro israelense Ariel Sharon e do Primeiro Ministro palestino Mahmoud Abbas, bem como os papéis dos EUA, da União Européia, das Nações Unidas e da Rússia na elaboração do "Roteiro para a Paz" que proporciona um momento oportuno para todas as partes envolvidas no conflito do Oriente Médio;

Sobre a detenção e o devido processo

Sobre a detenção e o devido processo
O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Insta todos os governos, agências de execução sob suas jurisdições e atores não-estatais a fazer valer e respeitar os princípios básicos dos direitos humanos como representados nas leis e convenções internacionais na investigação, prisão, interrogatório, detenção, devido processo, julgamento, sentença e encarceramento de todas as pessoas, independentemente de raça, religião, sexo, status nacional ou associação política.

A Exploração Sexual de Crianças

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reuniu-se em Havana de 5 a 8 de julho de 2000,
RECORDA que Jesus Cristo" tomou pequenas crianças em seus braços e as abençoou" como expressão de seu amor e preocupação;
RECONHECE que as crianças de todo o mundo estão sujeitas a relações abusivas perpetradas por adultos e toleradas por comunidades e governos;

Zimbábue

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Alegra-se com o trabalho que Deus está fazendo entre seu povo no Zimbábue e em particular através das igrejas batistas do Zimbábue;
Afirma seu compromisso contínuo de defender e promover os direitos humanos de todas as pessoas, conforme estabelecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas e instrumentos associados;

Próximo Congresso Mundial, 2005

ANTICIPA com alegria o próximo Congresso do Centenário da Aliança Mundial Batista em Birmingham, Inglaterra, julho de 2005;
OBRIGADO a Deus pelas muitas bênçãos vividas pela família batista mundial ao longo dos 100 anos de vida e missão da Aliança Mundial Batista;

Rede de Líderes Emergentes

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Elogia a liderança da Aliança Mundial Batista por iniciar e facilitar a Rede de Líderes Emergentes;
Celebra os dons e talentos daqueles que fazem parte da Rede de Líderes Emergentes e que representam o futuro do BWA;

Racismo

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista Havana Cuba 5-8 de julho de 2000
COMPROMETIDOS com a Década da Justiça Racial e afirmando que no Pacto de Atlanta condenamos o racismo e os conflitos étnicos;
RESOLVE incentivar os órgãos membros a promover programas de combate ao racismo e à violência étnica em todo o mundo;

Resolução sobre a Apreciação

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Charlottetown, Ilha do Príncipe Eduardo, Canadá, 2-7 de julho de 2001
OFERECE sinceros agradecimentos aos Batistas do Canadá e às congregações locais da Ilha do Príncipe Eduardo por sua calorosa acolhida e generosa hospitalidade;

Cristo, a Água Viva

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Seul, Coréia do Sul, de 28 a 31 de julho de 2004:
REAFIRMA sua forte convicção de que a salvação é oferecida ao mundo somente através de Jesus Cristo por meio de sua vida, morte e ressurreição e missão contínua;
SUBLINHA a importância crucial da conversão pessoal através do trabalho do Espírito Santo emitindo em arrependimento, fé em Cristo como salvador, batismo, incorporação à igreja e a vida de discipulado;

Ação contra a Corrupção

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Lamenta a presença e o poder da corrupção em muitos níveis da sociedade em todo o mundo e especialmente dentro das elites governamentais e corporativas;

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reunido em Havana de 5 a 8 de julho de 2000
OFERECE sinceros agradecimentos aos Batistas de Cuba e às congregações locais em Havana por sua calorosa acolhida e generosa hospitalidade;

Resolução sobre o perdão das dívidas nacionais

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Charlottetown, Ilha do Príncipe Eduardo, Canadá, 2-7 de julho de 2001
REGISTA a iminente reunião de cúpula do G8 a ser realizada em Gênova, Itália;
RECORDA a resolução do Conselho Geral de 1999 sobre o Jubileu 2000 felicitando as nações do G8 pela adoção de um pacote de perdão da dívida de $100 bilhões de dólares;

Baptist World Aid e o Desafio Miquéias

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Seul, Coréia do Sul, de 28 a 31 de julho de 2004:
COMENDA a rede Miquéias (Miquéias 6.8) em seu desejo de fortalecer a capacidade das agências de ajuda e desenvolvimento como a Baptist World Aid de dar uma resposta bíblica às necessidades dos pobres e oprimidos em conformidade com a resolução da Aliança Evangélica Mundial de 2001 para apoiar a iniciativa da ONU de reduzir pela metade os atuais níveis de pobreza mundial até 2015;

Declaração de Apreciação

O Conselho Geral do Encontro Anual da Aliança Mundial Batista, reunido em Accra, Gana, de 2 a 7 de julho de 2007:
Oferece sinceros agradecimentos à Convenção Batista de Gana por seu convite para realizar o Encontro Anual na cidade de Accra;
Manifesta sua sincera gratidão a Kojo Amo, Secretário Geral da Convenção Batista de Gana; Steve Asante, Presidente da Convenção Batista de Gana; Samuel Otu-Pimpong, Presidente do Comitê de Arranjos Locais; e a outros batistas ganenses que trabalharam diligentemente para fazer arranjos cuidadosos e estender uma hospitalidade amável aos representantes batistas de todo o mundo;

Sanções

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reunido em Havana de 5 a 8 de julho de 2000
REGISTA a dor e o sofrimento sofridos por pessoas inocentes como resultado da imposição de sanções econômicas internacionais;
RECORDA que em sua reunião em Montego Bay em 1992, o Conselho tomou nota dos "pesados encargos impostos aos pobres de ... Cuba pelo atual embargo comercial" e apelou para a "rápida remoção das sanções econômicas que impactam os líderes, ao mesmo tempo em que devastam a população em geral":

Resolução sobre conversas entre as Comunhões Cristãs

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Charlottetown, Ilha do Príncipe Eduardo, Canadá, 2-7 de julho de 2001
RECORDA com apreço as conversas entre a BWA e a Aliança Mundial das Igrejas Reformadas (1969-1973), a Federação Luterana Mundial 1986-1989), o Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos (1984-1988) e a Conferência Mundial Mennonita (1989-1992);

Retirada da Convenção Batista do Sul da Família da Aliança Mundial Batista

REGISTA que a Convenção Batista do Sul, reunida em Indianápolis em junho de 2004, votou a aprovação de uma recomendação de seu Comitê Executivo para se retirar da família da Aliança Batista Mundial;
RECONHECE com gratidão a enorme contribuição feita pela Convenção Batista do Sul na formação da Aliança Mundial Batista há 100 anos e no desenvolvimento contínuo e eficácia da Aliança Mundial Batista desde seu início;

Mudança climática

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Confessa que os humanos muitas vezes negaram ou ignoraram nossa interdependência com a criação e revogaram nossa administração da criação, resultando no mau uso dos recursos da Terra, na degradação ambiental e no dano aos ecossistemas;

Resolução sobre HIV/AIDS

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Charlottetown, Ilha do Príncipe Eduardo, Canadá, 2-7 de julho de 2001
RECONHECE as resoluções anteriores do Conselho Geral relativas à continuação da crise da AIDS;
LAMENTA a rápida propagação da crise do HIV/AIDS, particularmente na África subsaariana, o impacto devastador desta doença nas famílias e comunidades, e a falta de recursos econômicos e médicos suficientes para enfrentar suas causas, prevenção e tratamento;

A Península Coreana

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Seul, Coréia do Sul, de 28 a 31 de julho de 2004:
COMENDA a Convenção Batista Coreana pelo fiel testemunho do Evangelho tanto na Coréia do Sul como em seu trabalho missionário em todo o mundo.
NOTAS com preocupação a contínua divisão de famílias e comunidades no norte e sul da Coréia;

Impressão digital involuntária da população cigana na Itália

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008;
Lamenta que o governo italiano, sem objeção da União Européia, esteja praticando a recolha involuntária de impressões digitais de todo o povo cigano dentro de suas fronteiras, incluindo crianças, o que consideramos um perfil étnico;

Centenário e Financiamento do BWA

OBRIGADO a Deus pela Aliança Mundial Batista, composta por mais de 44 milhões de batizados em uma comunidade ampliada de cerca de 100 milhões de pessoas;
RECONHECE com apreço seu ministério estratégico de chamar pessoas para a fé pessoal em Jesus Cristo, defender os direitos humanos, defender a justiça social, atender às necessidades humanas e treinar líderes batistas e igrejas para aprofundar seu impacto para Cristo em suas comunidades;

Apreciação

REGISTA com apreço o trabalho dos batistas coreanos em sediar esta reunião de 2004 do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista;
OFERECE sinceros agradecimentos à Convenção Batista da Coréia do Sul, ao seu Presidente, C. Y. Choi e ao Secretário Geral, S. S. Hong, pelo convite para se reunirem em Seul;

Refugiados e Imigração

Resolução do Conselho Geral do BWA 2008.7 O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Praga, República Tcheca, de 20 a 25 de julho de 2008; Reconhece o crescimento global da migração de refugiados e da recolocação internacional com mais de 67 milhões de refugiados atuais e...

Crianças

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Sevilha, de 8 a 13 de julho de 2002:
AFIRMA que toda criança, desde o momento da concepção, é de valor inestimável, tendo sido criada à imagem de Deus, e possuindo em idade apropriada a capacidade de experimentar a comunhão com Deus através da fé pessoal no Senhor Jesus Cristo;

Violência contra mulheres e crianças

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido na Cidade do México, de 3 a 8 de julho de 2006:
Reconhece que mulheres e crianças são vítimas de violência que inclui exploração na indústria do sexo, que inclui tráfico sexual, exploração trabalhista, conflito doméstico, recrutamento para conflitos militares, estupro, muitas outras formas de violência por causa de situações precárias e vulneráveis.

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Ede, Holanda, de 27 de julho a 1º de agosto de 2009;
Oferece sinceros agradecimentos à União das Igrejas Batistas da Holanda pelo convite para realizar este Encontro Anual em Ede por ocasião do 400º aniversário da primeira congregação Batista, formada em Amsterdã em 1609;

Relações Batista-Muçulmanas

Congratula-se com as oportunidades abertas pelo espírito amigável e construtivo em que uma Palavra Comum, assinada por 138 estudiosos e líderes muçulmanos, foi escrita;

Mudança climática

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Ede, Holanda, de 27 de julho a 1 de agosto de 2009;
Afirma o ensinamento bíblico de respeito pela Terra e por tudo que nela existe, e o imperativo moral de amar o próximo como a si mesmo, incluindo os das gerações futuras;

Violações da liberdade religiosa no Azerbaijão

Recoletos, celebrando 400 anos de vida batista, que desde o início nossos fundadores representavam a liberdade de consciência e a liberdade de religião para todas as pessoas, independentemente de suas crenças ou não crenças;
Observa que o Grupo Conjunto de Monitoramento da Liberdade Religiosa EBF/BWA durante uma visita em janeiro de 2009 ao Azerbaijão observou violações da liberdade de religião em relação aos batistas locais;

Aniversário da Chegada de William Carey à Índia

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
AGRADECE a DEUS pela visão missionária de William Carey e se alegra com a celebração do 200º aniversário de sua chegada à Índia;

Perseguição aos cristãos

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Uppsala, Suécia, de 18 a 24 de julho de 1994:
OFERECE sinceros agradecimentos ao Sindicato Batista da Suécia pelo calor de sua acolhida e pela generosidade de sua hospitalidade;

Apreciação

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Dresden de 11 a 17 de julho de 1999
OFERECE sinceros agradecimentos à União das Igrejas Evangélicas Livres da Alemanha e às congregações locais de Dresden e arredores por sua calorosa acolhida e generosa hospitalidade;
RECONHECE a graciosa recepção ao Estado da Saxônia dada por Herr Gunther Portune, secretário de Estado no Ministério da Cultura;

Legado de Martin Luther King Jr.

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em. Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
OBRIGA A DEUS pela vida e testemunho de Martin Luther King Jr. neste ano de 125º aniversário de sua trágica e inoportuna morte;

Queimada da Igreja nos Estados Unidos

NOTAS com profunda preocupação os contínuos incidentes de queima de igrejas, com numeração superior a 40 nos últimos 18 meses nos Estados Unidos da América, envolvendo congregações com membros afro-americanos; e

Oração e preocupação pela parte oriental da Europa e pela União Soviética

OBRIGADO a Deus pelas mudanças positivas ocorridas na Europa Oriental e em toda a União Soviética, incluindo a crescente liberdade experimentada em muitos aspectos da vida dessas nações,
OBRIGATÓRIO, particularmente para aqueles lugares onde foi evidenciada maior liberdade religiosa e novas oportunidades de evangelização e educação teológica foram tornadas possíveis,

A pobreza e as Nações

EXPRESSAS dizem respeito aos efeitos da seca e os padrões do comércio internacional e da ajuda têm exacerbado as condições de fome, pobreza e doença entre os muitos povos pobres e desfavorecidos das nações do Sul, não menos importante no continente africano.

Hong Kong

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Hong Kong, de 3 a 9 de julho de 1996:
REGISTA a aproximação do retorno do território de Hong Kong ao controle chinês a partir de 1 de julho de 1997; e
RECONHECE que alguns percebem este evento como potencialmente traumático, enquanto outros estão mais otimistas sobre uma nova experiência em sistemas sócio-econômicos plurais que coexistem dentro de uma única nação; e

Evangelização mundial

REALIZANDO que mais de quatro bilhões de pessoas em nosso mundo não conhecem Jesus Cristo como Senhor e Salvador e que um quarto da população mundial nunca ouviu o Evangelho,
RECONHECENDO o compromisso que os órgãos membros do BWA assumiram através do Pacto de Seul com a evangelização mundial.

A crise contínua da AIDS

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
REGISTA com alarme que desde sua última resolução sobre a AIDS em 1988, o número de infectados atingiu proporções epidêmicas em muitos países;

Apreciação

Reunião do Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Hong Kong, de 3 a 9 de julho de 1996:
OFERECE sinceros agradecimentos à Convenção Batista de Hong Kong pelo calor de sua acolhida e pela generosidade de sua hospitalidade;
RECONHECE a graciosa recepção a Hong Kong dada pelo Presidente Cecil Chan; e

Situação no Oriente Médio

OBRIGADO a Deus Todo-Poderoso pela cessação da guerra aberta no Kuwait e no Iraque,
CONSCIENTES do trágico rescaldo de tais hostilidades em termos não apenas de perda de vidas humanas, mas também das terríveis condições sociais e econômicas prevalecentes no Golfo e da ameaça a longo prazo ao meio ambiente causada pela poluição do mar e do ar por petróleo,

A Santidade da Vida Humana

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
AFIRMA que como toda vida é um dom de Deus e que toda pessoa é criada à imagem de Deus, a vida humana é sagrada;

Paz no Oriente Médio

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 3 a 9 de julho de 1997,
EXPRESSA a preocupação de que o processo de paz no Oriente Médio tenha sido implementado apenas parcialmente e que isso ameace a estabilidade de todos os Estados da região;

África do Sul

RECORDANDO a posição profética assumida pela Aliança Mundial Batista em suas resoluções sobre a África do Sul no Congresso Mundial em 1985 e no Conselho Geral em 1986 e 1988,
REAFIRMANDO sua oposição ao apartheid como um pecado contra o Evangelho do amor de Deus por todas as pessoas,

Bósnia

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
CONDENAM o uso deliberado dentro da antiga República da Iugoslávia da "limpeza étnica" e o uso sistemático do estupro como arma de guerra e estende sua simpatia de coração às centenas de milhares de vítimas;

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista em Vancouver, Canadá, de 3 a 9 de julho de 1997,

RECONHECE os graciosos esforços de Bruce Milne, pastor da Primeira Igreja Batista de Vancouver, que presidiu o Comitê de Arranjos Locais, e Bob Pearmain, presidente assistente;

Apreciação aos Anfitriões e Oficiais

A Aliança Batista Mundial que realiza sua reunião anual do Conselho Geral e grupos relacionados em Montreal, Quebec, Canadá, de 7 a 14 de julho de 1991, reuniu batistas de todo o mundo para adoração, companheirismo, encorajamento mútuo, estudo e planejamento.

África do Sul

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Harare, Zimbábue, de 6 a 9 de agosto de 1993,
Saudações aos nossos irmãos e irmãs na comunidade batista e cristã mais ampla na África do Sul;
APLAUDA a decisão de realizar eleições multirraciais com sufrágio universal adulto em 1994;

Minas terrestres

Resolução do Conselho Geral do BWA de 1997.3 O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Vancouver, Canadá, de 3 a 9 de julho de 1997, observa com horror que atualmente mais de 100 milhões de minas terrestres antipessoais estão implantadas em mais de 70 países, com uma...

BMS Bicentenário

A fundação da sociedade para promover missões no exterior marcou o ponto em que o despertar missionário estimulado pelo reavivamento evangélico do século XVIII atingiu pela primeira vez uma expressão institucional eficaz, alertando não apenas os batistas, mas toda a cristandade evangélica para uma visão mundial;

Apreciação

COMENDA com apreço os Chefes Batistas de Denominações e seu secretário, o Rev. Noah Pashapa, pela inestimável e graciosa assistência dada ao pessoal do BWA no planejamento e organização desta primeira reunião do BWA na África Austral;

Direitos Humanos

Resolução do Conselho Geral do BWA de 1997.1 O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista reuniu-se em Vancouver, Canadá, de 3 a 9 de julho de 1997: RECONHECE com gratidão que 1998 marcará o 59º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas que...

V Centenário da vinda de Colombo e dos europeus para as Américas

OBRIGADO à União Bautista Latino Americana (UBLA) pela orientação que deram ao Conselho sobre o que deveria ser uma resposta cristã ao V Centenário da vinda de Colombo e dos europeus às Américas, e o início de uma maneira diferente de viver e pensar para os povos do hemisfério;

Ruanda e Burundi

COMENDA com apreço os Chefes Batistas de Denominações e seu secretário, o Rev. Noah Pashapa, pela inestimável e graciosa assistência dada ao pessoal do BWA no planejamento e organização desta primeira reunião do BWA na África Austral;

Apreciação a C. E. Bryant

Reconhecendo o leal e dedicado serviço do Rev. Cyril E. Bryant, Lit.D., o Conselho Geral do BWA expressa profundo apreço por
- vinte e cinco anos de ministério dedicado à Aliança Mundial Batista.
- edição habilidosa de BAPTIST WORLD.
- cobertura jornalística abrangente dos acontecimentos na família mundial de batistas.
- redação criativa, incluindo seu livro, Operação Irmão do Irmão.

Evangelismo mundial

Desde o início de nossa história, os batistas têm sido um povo missionário. Somos gratos a Deus pelo sacrifício e compromisso de muitos missionários. Um novo dia está amanhecendo na evangelização mundial. As antigas igrejas receptoras estão se tornando igrejas enviadoras. A tarefa da evangelização mundial é agora para todas as convenções e uniões batistas.

Sra. Victoria Tolbert

CONSIDERANDO que nossa irmã em Cristo, Victoria Tolbert, está encarcerada na Libéria após a morte de seu marido, William O. Tolbert, em um golpe militar, e
CONSIDERANDO que a Sra. Tolbert é membro do Comitê Executivo do Departamento das Mulheres da Aliança Mundial Batista, e
CONSIDERANDO que se esperava que a Sra. Tolbert participasse das reuniões de mulheres do Congresso Mundial Batista em Toronto,

A União Bautista Sud Americana

Agradecidos pela história do testemunho batista na América do Sul e por aqueles que deram a liderança à irmandade mundial desta parte do mundo, felicitamos as igrejas, convenções, sindicatos e assembléias pela fundação da nova irmandade regional, a Union Bautista Sud Americana.

Armas nucleares

Afirmamos nossas convicções expressas na Resolução 1982.5, aprovada no ano passado em Nairóbi, Quênia. Esta resolução endossou a declaração feita pela União Batista da Suécia do mesmo ano e chamou a atenção para a Declaração de Moscou.

O Ano Internacional das Pessoas com Deficiência

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista:
1. Dá total apoio à Assembléia Geral das Nações Unidas em sua proclamação de 1981 como o Ano Internacional das Pessoas com Deficiência com o tema central, "plena participação e igualdade", cujo objetivo é encorajar a reabilitação de cerca de 450 milhões de pessoas que sofrem de alguma forma de deficiência física ou mental.

Direitos Humanos: Uma Declaração de Preocupação

Os batistas, com mais de 34 milhões de pessoas de todo o mundo, há muito tempo defendem o direito de todas as pessoas de serem livres e independentes e têm trabalhado para incentivar os governos em todos os lugares a respeitarem os direitos humanos. Como cristãos, acreditamos que os direitos humanos são dados por Deus e que as violações dos direitos humanos são violações das leis de Deus. Expressamos profunda preocupação em anos anteriores sobre as violações dos direitos humanos em todas as partes do mundo, desde a flagrante discriminação racial e restrições à liberdade religiosa até a opressão militar e econômica.

El Salvador

O Conselho Geral Mundial Batista, reunido no Caribe:
1. Tem observado com profunda preocupação e apreensão o contínuo sofrimento e opressão de muitos em El Salvador;
2. Expressa sua maior simpatia para com todos aqueles que estão envolvidos no atual conflito.

Reconciliação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Buenos Aires, Argentina,
a) reconhece com ação de graças a Deus sua experiência do amor reconciliador de Cristo, expresso na comunhão unida do povo batista do Norte, Sul, Leste e Oeste;
b) reafirma sua crença de que Deus em Cristo é capaz de reunir as pessoas verdadeiramente através de barreiras nacionais, políticas, econômicas, lingüísticas e culturais;

Crise no Oriente Próximo e Médio

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista deseja afirmar sua preocupação e posição com relação a crises múltiplas mas inter-relacionadas no Oriente Próximo e no Oriente Médio nas seguintes expressões:
1. Expressamos nossa profunda preocupação com o flagrante desrespeito aos direitos humanos, às liberdades civis e à autodeterminação nacional.

Processo

O Conselho Geral reconhece as complexidades das questões enfrentadas hoje pelo nosso mundo. Ele se preocupa em que estas sejam tratadas adequadamente pela Aliança. O Executivo do Conselho é, portanto, solicitado a rever os principais assuntos a serem processados pelo Comitê de Resoluções em sua próxima reunião e a procurar pessoas competentes que serão solicitadas a apresentar propostas de resoluções a serem revistas e, quando necessário, revisadas pelo Comitê de Resoluções para recomendação ao Conselho Geral.

Desarmamento

Estamos animados com os preparativos que estão sendo feitos agora para outra Assembléia Especial da ONU sobre o tema do desarmamento e reconhecemos a importância crucial deste tema para o futuro da humanidade.

Apreciação

Este Conselho expressa seu mais profundo apreço:
- ao governo da Argentina por sua graciosa acolhida e sua prontidão para conceder vistos a todos os participantes;
- aos oficiais e igrejas da Convenciòn Evangèlica Bautista Argentina para os cuidadosos preparativos, calorosas boas-vindas, generosa hospitalidade e serviço de interpretação;

Conferência sobre Paz e Harmonia

Resolução do Conselho Geral do BWA de 1981.6 O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista: Manifesta seu apreço pela iniciativa tomada pela Igreja da Suécia (Luterana) e seu Arcebispo em convocar uma Conferência sobre Paz e Desarmamento na Suécia em março de 1982,...

Armas nucleares

Mais uma vez, EXPRESSAMOS NOSSO PROFUNDO CONCEITO sobre as tensões internacionais, os conflitos armados em certas regiões, a carga econômica de grandes armamentos e forças armadas, a ameaça de aniquilação nuclear da humanidade;

Apreciação

Reconhecendo a extrema importância de um início efetivo para o Conselho Geral e as Comissões de Estudo para o quinquênio 1981-85, expressamos nosso profundo apreço:
1. Aos Batistas de Porto Rico e especialmente à Primera Iglesia Bautista de Carolina por suas calorosas saudações e graciosa hospitalidade.

A 10ª Conferência Mundial da Juventude Batista

Nos regozijamos com o sucesso da 10ª Conferência Mundial da Juventude Batista, realizada recentemente em Buenos Aires, Argentina.
Reafirmamos firmemente a seguinte mensagem da Conferência dirigida aos Batistas do mundo e elogiamos sua implementação da maneira que nos pareça mais apropriada:

Fome mundial

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Nairóbi, Quênia:
1. Cientes da constante luta pela sobrevivência física neste continente, bem como no mundo, sendo as condições atuais no Sahel um exemplo trágico, ali chamaria a atenção para a declaração citada no relatório do Comitê do BWAid como segue...".

Reafirmação

Embora reconheçamos que existem fortes diferenças culturais e teológicas sobre o papel da mulher na igreja, queremos afirmar o ensinamento de Gálatas 3:28 de que em Cristo, homem e mulher são iguais.
Encorajamos as igrejas a afirmarem esta verdade na vida e assim refletir a integridade em nosso testemunho cristão.

Liberdades Fundamentais

Desde o Congresso Mundial Batista em Atlanta, em 1939, a Aliança Mundial Batista tem falado com regularidade em nome da liberdade religiosa para todas as pessoas, e nos anos mais recentes em nome das liberdades civis em geral.

Saudações

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Berlim Ocidental, envia calorosas saudações cristãs à reunião da Federação Luterana Mundial ao mesmo tempo em Budapeste. Oramos pela bênção de Deus sobre suas deliberações e sobre o trabalho de suas igrejas em todo o mundo.

Saúde e Educação

Temos a convicção de que nosso ministério às pessoas deve ser holístico, incluindo todos os importantes aspectos espirituais, e também físicos e morais.
Reconhecemos com alegria o trabalho das igrejas batistas, associações, sindicatos e órgãos missionários nos ministérios da saúde e da educação e encorajamos fortemente novos empreendimentos ousados nas áreas de pobreza.

Ano Internacional da Juventude

CONVOCAMOS os batistas do mundo, em cooperação com outros cristãos, a fazer de um de seus objetivos evangelísticos a conquista de toda uma nova geração de jovens para Cristo, compartilhando com eles o Evangelho da esperança como única resposta aos muitos problemas e perigos que enfrentam - ameaça nuclear, desemprego, drogas, fome, pobreza, materialismo, racismo, violência, etc.

Paz e Mudança Pacífica

Expressamos nossa grande decepção com as violações da paz internacional ocorridas nos últimos doze meses, especialmente, mas não só, a situação nas Ilhas Malvinas - Ilhas Malvinas e no Líbano, Somália, El Salvador e Afeganistão, entre outros.

Fome mundial

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, percebendo que muitos dos povos do mundo estão ameaçados pela fome - pela fome, pela guerra e pelo desastre natural que contribuíram para sua situação desesperada - não podemos deixar de reconhecer o mandato evangélico para que o povo cristão atenda a uma necessidade humana tão urgente.

Liberdade Religiosa e Direitos Humanos

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, acreditando no direito inerente de todas as pessoas à liberdade de fé religiosa, prática e propagação, e reconhecendo os direitos dos governos de exigir que tal liberdade seja exercida responsavelmente, deseja mais uma vez expressar sua profunda preocupação com as atitudes atuais em muitos países com respeito aos crentes religiosos, envolvendo, em alguns casos, uma legislação forte contra eles.

Fontes de energia

Nós, o Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, instamos todos os governos e todos os membros de nossas igrejas a necessidade de um tratamento cuidadoso e responsável de tais recursos, tendo em mente os efeitos dessas carências sobre as economias, especialmente dos países do Terceiro Mundo e as exigências das gerações seguintes.

Apreciação

MOTION foi feita e apoiada, e transportada
32GC76 que seja adotada a seguinte resolução:
O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, reunido em Melbourne, Austrália, resolve

Apreciação

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista deseja expressar seu apreço por esta Aliança:
1. A recepção real de nossos irmãos e irmãs batistas britânicos, cuja gentileza atenciosa os tem acariciado ainda mais para nós. Levaremos de volta para nossas casas seu presente para nos lembrar destes dias enquanto a vida durará.

Apreciação

MOÇÃO de W. A. Criswell foi secundada e levou 33GC76 para que fosse adotada a seguinte resolução:
O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista resolve colocar em registro, uma vez que o Escritório Europeu da Aliança Mundial Batista é transferido de Londres, Inglaterra, para Hamburgo, Alemanha, seu sincero e caloroso apreço pela significativa contribuição feita à Aliança Mundial Batista pela União Batista da Grã-Bretanha e Irlanda desde seu início e ao longo de sua história,

Programas de Ajuda e Desenvolvimento

MOÇÃO de Roy Bell foi destacada e transportada
34GC76 que a seguinte resolução, e todas as emendas pendentes, sejam encaminhadas ao Comitê Executivo para consideração.
Como certos governos se envolvem em programas de assistência e desenvolvimento além de suas fronteiras, e ao fazê-lo utilizam suas próprias agências governamentais e outras, agências voluntárias nacionais, mas não utilizam agências voluntárias internacionais; e

A ajuda alimentar como instrumento político

MOÇÃO de W. A. Criswell foi secundada e levou 35GC76 para que fosse adotada a seguinte resolução:
O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista, acreditando que a alimentação dos famintos e subnutridos não deve ser limitada às pessoas cujos governos são estreitamente aliados aos governos doadores, e reconhecendo que alguns governos usaram, ou estiveram sob pressão para usar alívio,

Conferência de Paz

5 A MOÇÃO foi feita, secundada, emendada e levou 36GC76 para que fosse adotada a seguinte resolução:
O Conselho Geral, tendo tomado conhecimento dos preparativos para a realização de uma Conferência Mundial em 1977, envolvendo a representação de todas as principais religiões do mundo, intitulada "Conferência Mundial dos Trabalhadores Religiosos pela Paz Duradoura, pelo Desarmamento e pelas Relações Justas entre as Nações".

Apreciação

FICA RESOLVIDO que demonstremos nosso apreço ao povo batista de Miami, especialmente ao pessoal e à congregação da Igreja Batista Central de Miami, e à Associação Batista de Miami por sua excelente hospitalidade.

Apreciação

CONSIDERANDO que o Secretário Geral e o pessoal do BWA serviram a reunião com notável eficiência e cortesia, facilitando assim o trabalho rápido e eficaz deste Conselho,

Movimento Carismático

CONSIDERANDO que a Comissão de Doutrina e Cooperação Inter-Igrejas tem dedicado, por vários anos, parte de sua atenção ao movimento carismático, solicitamos à Comissão que forneça ao Conselho Geral do BWA de 1978 a declaração sumária e as diretrizes para nossa irmandade batista, conforme julgarem apropriado.

Direitos Humanos

CONSIDERANDO que a Comissão de Liberdade, Justiça e Paz tem dedicado durante vários anos parte de sua atenção às questões de direitos humanos, solicitamos à Comissão que forneça ao Conselho Geral do BWA de 1978 a declaração sumária e as diretrizes que julgar apropriadas.

Teste de Armas Nucleares

CONSIDERANDO que o Congresso Mundial Batista, realizado em Tóquio em 1970, solicitou "acordos internacionais para a limitação de armas estratégicas ofensivas e defensivas" e "acordos imediatos para suspender a implantação de todos os sistemas de armas estratégicas nucleares ofensivas e defensivas, sujeitas à verificação nacional ou a outras medidas de observação e inspeção que possam ser apropriadas", e

Mensagem às Igrejas Batistas de todo o mundo

A Aliança Batista Mundial é uma bolsa de quase 29 dos 33 milhões de batistas do mundo. Eles representam muitas nações e culturas e modos de vida e de pensamento muito diferentes. Não está dentro de seu poder nem de sua função dirigir, ou governar os assuntos internos dos procedimentos políticos ou econômicos de seus órgãos constituintes ou de seus países.

Treinamento Teológico e "Fundo do Seminário".

Carl W. Tiller havia sido solicitado a preparar um relatório para o Conselho sobre os esforços feitos nos últimos anos pelos batistas do mundo para fornecer treinamento teológico e para estabelecer um seminário teológico no coração da Europa. Seu relatório escrito continha um histórico de um fundo de seminário para treinamento em línguas eslavas, iniciado em 1908 por Batistas.

Os Despossuídos

O Conselho Geral da Aliança Mundial Batista expressa a mais profunda inquietação sobre a situação dos despossuídos e desabrigados do mundo.
Pedimos a todos os governos que evitem políticas discriminatórias contra qualquer um dos povos dentro de sua jurisdição.

A administração e a sobrevivência do homem nesta terra

O Décimo Segundo Congresso Mundial Batista, reunido em Tóquio, Japão, de 12 a 18 de julho de 1970, observa com profunda preocupação a contínua e crescente falta de auto-suficiência econômica sofrida pela maioria dos habitantes do mundo, particularmente aqueles que são cidadãos dos países em desenvolvimento.

Apreciação para Comitês e Pessoal do Programa

O Décimo Segundo Congresso Mundial Batista de 1970, realizado em Tóquio, Japão, resolve oferecer seu grande apreço ao Comitê de Programas do BWA, ao Comitê de Arranjos Locais do Japão Baptist Domai (União), ao Japão Baptist Renmai (Convenção) e à Associação de Igrejas Batistas do Japão pelo trabalho de amor, ao trazer este significativo Congresso Batista, realizado em solo asiático pela primeira vez, para um grande sucesso.

Resolução de Apreciação do Pessoal do Comitê e do Programa

O XIII Congresso Mundial Batista de 1975, realizado em Estocolmo, Suécia, resolve oferecer seu grande apreço ao Comitê de Programas do BWA e ao Comitê de Arranjos Locais do Sindicato Batista da Suécia pelo trabalho de amor em levar este Congresso Batista a um grande sucesso.

Trabalhando com outras religiões e organizações pela paz mundial

A Aliança Batista Mundial, em seus esforços contínuos e determinados pela paz mundial com justiça, e em seus esforços adicionais para superar a pobreza e o sofrimento dos povos de cada nação, está disposta a trabalhar com outros grupos e organizações religiosas para esses fins, fazendo isso de forma consistente com nossos princípios batistas e crenças batistas.

Patrocínio do Trabalho Jovem

Porque a Aliança Mundial Batista tem mostrado preocupação com os jovens batistas em todo o mundo, como evidenciado por seu patrocínio às Conferências Mundiais da Juventude Batista, e porque os jovens nesta idade desenvolveram um agudo senso de consciência para a necessidade de aplicar os ensinamentos cristãos em ministérios práticos nos esforços para atender ao chamado e aos mandamentos de Cristo,

Justiça econômica

O Décimo Segundo Congresso Mundial Batista, reunido em Tóquio, Japão, de 12 a 18 de julho de 1970, observa com profunda preocupação a contínua e crescente falta de auto-suficiência econômica sofrida pela maioria dos habitantes do mundo, particularmente aqueles que são cidadãos dos países em desenvolvimento.

Patrocínio do Trabalho Jovem

O Décimo Segundo Congresso Mundial Batista de 1970, realizado em Tóquio, Japão, resolve oferecer seu grande apreço ao Comitê de Programas do BWA, ao Comitê de Arranjos Locais do Japão Baptist Domai (União), ao Japão Baptist Renmai (Convenção) e à Associação de Igrejas Batistas do Japão pelo trabalho de amor, ao trazer este significativo Congresso Batista, realizado em solo asiático pela primeira vez, para um grande sucesso.

Resolução sobre pessoas desprivilegiadas

Acreditamos que todas as pessoas do mundo têm um só Pai e que um só Deus nos criou a todos e que é a vontade de Deus que todo o Seu povo participe das condições que proporcionam liberdade, autodeterminação, conhecimento técnico e os materiais necessários para a vida das pessoas que Deus criou para cumprir Seus propósitos.

Resolução de agradecimento

Nós, os delegados do Décimo Primeiro Congresso da Aliança Mundial Batista realizado em Miami Beach, Flórida, de 25 a 30 de junho de 1965, oferecemos graças ao nosso Pai Celestial pelo privilégio de companheirismo com os batistas reunidos das nações do mundo. Somos gratos, não somente pela nova luz e verdade que se desprenderam da Palavra de Deus, mas pela reafirmação dessas coisas em que mais se acredita entre nós.

Resolução sobre a Paz

Nestes dias de tensão e preocupação com o destino de toda a humanidade, nós batistas apelamos a todos os cristãos para que se unam para preservar a paz na Terra.
Devemos responder ao chamado "buscar a paz e persegui-la". As coisas que pertencem a "Tua paz" devem ser encontradas. Nenhuma nação ganha uma guerra nuclear - todas são derrotadas. Cento e vinte bilhões de dólares estão sendo gastos anualmente em armamentos e forças armadas pelas nações do mundo.

Resolução sobre a separação da Igreja e do Estado

Desde que os batistas em todos os lugares entenderam o evangelho para chamar os homens a responder a Cristo como Senhor e, portanto, têm sido constantes defensores da liberdade religiosa, este Décimo Congresso da Aliança Mundial Batista reafirma sua crença na separação da igreja e de suas instituições do Estado e de suas instituições. Expressamos nossa satisfação por tantos governos terem ganho a confiança necessária para reconhecer o direito das igrejas de serem livres e de torná-las iguais perante a lei. Recomendamos esta prática a todos os governos.

Resolução sobre testes nucleares

Exortamos as nações a dispensar todos os testes de armas nucleares e a produção das mesmas; e, cooperativamente, a acordar métodos satisfatórios de inspeção destinados a assegurar que todas as nações exerçam boa fé neste assunto.

Resolução sobre Relações Raciais

Exortamos as nações a dispensar todos os testes de armas nucleares e a produção das mesmas; e, cooperativamente, a acordar métodos satisfatórios de inspeção destinados a assegurar que todas as nações exerçam boa fé neste assunto.

Resolução sobre Irmandade e Igualdade

Que este Décimo Primeiro Congresso da Aliança Mundial Batista afirma sua crença tanto na fraternidade de todos os cristãos quanto na igualdade de todos os homens sob Deus, independentemente de raça ou posição social, e que aceitamos nossa responsabilidade como batistas de participar plenamente na solução das distinções não cristãs de nossas sociedades, onde quer que elas estejam.

Resolução sobre Testemunhas Batistas e Evangelismo

Que os membros do Congresso aceitem o desafio apresentado em seu discurso presidencial pelo Dr. João Soren a um novo impulso de testemunho cristão, evangelismo e serviço em todo o mundo. Acreditando que esta seja uma das maiores necessidades de nosso tempo em todos os continentes, eles apelam para que seus companheiros batistas se unam a eles no esforço sacrificial unido em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.

Manifesto do Congresso Mundial do BWA 1965

REAFIRMAMOS nossa fé de que o evangelho da salvação livre de Deus em Seu Filho, Jesus Cristo, o Caminho, a Verdade e a Vida, é para todos os homens, sem distinção, e que hoje, como nas gerações anteriores, ele fala a toda necessidade do homem, condenando, redimindo, transformando, guardando o espírito humano e exigindo o fim da exploração e tirania, e a provisão de oportunidades plenas para sua livre aceitação e para o culto, testemunho e serviço.

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Resolução sobre Relações Raciais

"As relações raciais são um dos problemas que a Igreja Cristã deve enfrentar diariamente no mundo. Há muitas condições e atitudes que pressionam e prejudicam as relações humanas e causam grande preocupação; mas não podemos resolver o problema a menos que o enfrentemos frontalmente como cristãos".

Resolução de agradecimento

"Os batistas em todas as terras se unem aos seus companheiros cristãos na oração para que a paz, tanto justa quanto permanente, possa chegar logo ao coração de toda a humanidade". Para isso, saudamos com esperança dois acontecimentos recentes:
Em primeiro lugar, a guerra foi definida e declarada como um crime contra a sociedade. Segundo, a fundação das Nações Unidas como um meio de interpretar e garantir a base correta para a expressão efetiva do desejo comum de todas as pessoas de pensamento correto de desfrutar a vida, a liberdade e a felicidade.

Resolução relativa aos judeus

"Consciente do sofrimento sem precedentes pelo qual o povo de Israel passou nos últimos anos, milhões deles sendo exterminados pelos meios mais desumanos; consciente também de que estes sofrimentos ainda não terminaram, mas que centenas de milhares ainda estão em campos de concentração ou vagando sem teto de terra em terra; consciente, além disso, de que a propaganda venenosa e os desígnios destrutivos do anti-semitismo ainda estão em ação em muitas terras: este Congresso registra seu sentimento de tristeza e vergonha de que tais condições prevalecem.

Resolução sobre pessoas deslocadas

Resolução do Congresso Mundial do BWA 1947.4 "Este Congresso do BWA em Copenhague, reunido a partir de muitas terras e representando muitos povos, profundamente preocupado com as condições dos D.P. em muitos campos na Alemanha, Áustria e outros países, lembrando que aqueles que...

Resolução sobre Relações Internacionais

BWA World Congress Resolution 1947.1 "Os batistas em todas as terras se unem a seus concidadãos cristãos na oração para que a paz, tanto justa como permanente, possa chegar em breve ao coração de toda a humanidade. Para isso, saudamos com esperança dois acontecimentos recentes: Primeiro, a guerra tem sido...

Apreciação a John MacNeill

A Aliança Batista Mundial em sessão em Berlim, Alemanha, de 4 a 10 de agosto; 1934, deseja expressar ao seu Presidente, Dr. John MacNeill, seu grande apreço pela calorosa, simpática e inspiradora saudação recebida dele. Eles também desejam expressar sua simpatia para com ele em sua atual aflição e com sua tristeza pungente por não poder estar com eles em suas sessões. Eles se regozijam, no entanto, na certeza de que sua recuperação parece estar agora certa. Eles reconhecem sua grande perda em não ter sua liderança efetiva no Congresso.

Resolução de agradecimento

Dr. Prestridge : É para mim um grande prazer ler estas resoluções de agradecimento. Acho que isso é apropriado porque há dois ou três meses estou em correspondência diária - e às vezes três e quatro vezes por dia - com os vários presidentes das comissões aqui presentes, e conheço seus trabalhos, suas aflições e sua paciência:

Guerra

"Os desentendimentos, ciúmes e rivalidades internacionais que se seguiram à última Grande Guerra confundiram todos os esforços para assegurar o desarmamento geral. A preparação de munições de guerra é um interesse comercial. Há uma crescente sensação de insegurança no mundo por causa do fracasso até agora em estabelecer uma comunidade efetiva de nações que possuem a autoridade e os meios para corrigir e prevenir a injustiça internacional.

Resolução de agradecimento

Resolução de agradecimento
127. O Presidente apresentou o Dr. Clifton Gray, que propôs a seguinte resolução, que foi aceita por unanimidade:
"A Aliança Batista Mundial agradece a muitos indivíduos e organizações, bem como aos cidadãos de Atlanta como um todo, seu profundo senso de obrigação pela magnífica cooperação que ajudou a realizar este Sexto Congresso Mundial Batista.

Repressão da Religião na Rússia

Resolução 1934.3 122 do Congresso Mundial do BWA. O Dr. W. O. Lewis, representante europeu da Sociedade Batista Americana de Missões Estrangeiras, propôs a seguinte resolução em nome do Comitê de Resoluções: "Este Congresso Mundial de Batistas representando sessenta países...

Racialismo

Resolução do Congresso Mundial BWA 1939.5 O Sexto Congresso Mundial Batista, reunido em Atlanta, Ga., é obrigado a expressar o julgamento do povo batista em geral sobre a questão do relacionamento racial. Os membros se regozijam que os preparativos para o presente...

Temperança

BWA World Congress Resolution 1939.4 Esta assembléia da Aliança Mundial Batista declara que a venda e o uso de intoxicantes aumenta a criminalidade, desperdiça recursos nacionais, corrompe os hábitos sociais e é prejudicial ao bem-estar dos indivíduos e da sociedade, e deve...

Rússia

Os membros deste Sexto Congresso Mundial Batista, reunidos em Atlanta, Ga., registram sua tristeza por ter sido impossível para qualquer representante dos EUA participar de sua assembléia. Eles desejariam, se for possível alcançá-los, assegurar aos batistas daquelas repúblicas a simpatia orante e contínua de seus companheiros crentes em todo o mundo.

Evangelismo

O Congresso se regozija com a ação espontânea de vários de seus membros ao se reunirem para uma conferência informal sobre Evangelismo, recebe com grande apreço as sugestões e recomendações que apresentaram e as encaminha ao Comitê Executivo para consideração e consulta.

Romênia

Este Congresso Mundial Batista aprendeu com satisfação que, através da ação do Primeiro Ministro, as Igrejas Batistas Romanas, que foram fechadas no ano passado como efeito de ordens administrativas repressivas emitidas pelo Ministro dos Cultos, foram reabertas em grande parte do território. O Congresso também tomou conhecimento da emissão de um novo decreto administrativo cujos termos são menos severos do que os de decretos anteriores.

Resoluções sobre relatórios da Comissão

(i) Este Congresso recebeu com grande apreço o relatório da Comissão Nº 1, sobre o tema "O que os Batistas Podem Fazer para Evitar a Guerra e Promover a Paz", e recomenda seu conteúdo aos Batistas de todo o mundo para estudo e ação.

Racialismo

163. O professor A.T. Ohrn, Noruega, propôs a seguinte resolução sobre "Racialismo".
"Este Congresso representando a comunhão inter-racial mundial dos batistas, alegra-se de saber que apesar de todas as diferenças de raça, há em Cristo uma unidade abrangente, de modo que Nele pode ser reivindicada com a mais profunda verdade 'nem grego nem judeu, circuncisão ou incircuncisão, bárbaro, cítrio, vínculo ou livre, mas Cristo é tudo em todos'.

Igreja e Estado

171. As Leis Rev. Gilbert, Inglaterra, moveram a seguinte Resolução sobre "Igreja e Estado":
"Os membros deste Congresso acreditam que a Igreja é a companhia do povo de Cristo com o próprio Senhor, de acordo com Sua promessa no meio deles, e que Ele, por Seu Espírito, os guia em toda Verdade e lhes deixa clara a Vontade de Deus".

Alívio para a Rússia

"Este Congresso ouve com profunda preocupação as condições de carência e fome na Rússia soviética que já causaram milhões de mortes, e que provavelmente, a menos que se possa ajudar, custarão ainda mais milhões de vidas no próximo inverno. Seria bem-vinda a nomeação de uma Comissão internacional apolítica para averiguar a extensão da necessidade e elaborar meios de alívio".

Apreciação centenária para Charles Haddon Spurgeon

"No ano centenário do nascimento de Charles Haddon Spurgeon, o Congresso Mundial Batista recorda com gratidão e louvor o poderoso pregador cujos poderes dados por Deus foram exercidos para a cura das nações, e que "estando morto ainda fala". Spurgeon glorificou supremamente na Cruz de Cristo, e transformou multidões em seu Salvador. De grande coração e prático, ele respondeu ao apelo da necessidade humana, e o Evangelho que ele pregava foi ilustrado pelo Orfanato que ele fundou.

O centenário dos batistas alemães

Resolução 1934.2 107 do Congresso Mundial do BWA. Um discurso foi proferido pelo Prof. C. Schneider, Alemanha, sobre o assunto: "O Centenário dos Batistas Alemães". 108. A seguinte Resolução foi movida pelo Dr. J. W. Bradbury, EUA: "O V Congresso Mundial Batista reconhece um...

Cooperação com os Conselhos de Missão

As seguintes resoluções foram adotadas sob recomendação do Comitê de Cooperação:-
Reconhecemos plenamente que todas as recomendações da Conferência estão sujeitas ao princípio cardeal batista dos direitos da Igreja individual e do consentimento das várias Uniões Batistas e Convenções envolvidas.

Bíblias e Literatura Batista

As seguintes resoluções foram aprovadas com base na recomendação do Comitê de Literatura:-
"Que percebamos a grande necessidade de Bíblias e livros de hinos, e que sejam tomadas medidas para fornecê-los".
"Que seja feita uma tentativa de produzir literatura simples para as crianças, incluindo simples exposição e fotos".

Seminários Batistas para a Europa

Consideramos uma política educacional de importância primordial para a extensão da denominação batista na Europa, e consideramos que o estabelecimento ou fortalecimento de seminários batistas para o treinamento de pastores e evangelistas deve ser realizado sem demora.

Romênia e Liberdade Religiosa

10. Romênia. Resolveu, após uma declaração do Dr. Rushbrooke, que a seguinte resolução fosse enviada ao governo romeno e depois publicada:-

Educação Religiosa das Crianças na R.U.S.S.

56. Declarações feitas pelos Drs. Franklin e Rushbrooke sobre a posição na Rússia; concordaram que o Dr. Rushbrooke fosse instruído a preparar uma resolução expressando apoio a seu protesto sobre o assunto da atitude do governo russo em relação à questão do ensino religioso das crianças. Esta resolução foi formulada da seguinte forma:-

Estabelecimento de uma Liga de Nações

Os representantes da Aliança Batista Mundial reunidos em Londres, de 19 a 23 de julho de 1920, que a Aliança tem um círculo eleitoral de oito milhões de membros da Igreja, com um círculo eleitoral adicional de aderentes várias vezes esse número, enviariam esta mensagem a todos os Povos e Governos do Mundo.

Perseguição de batistas na Romênia

A Conferência coloca em registro sua profunda preocupação com os graves relatos de perseguição dos quais nossos irmãos batistas na Romênia sofreram durante os últimos dezoito meses e até mesmo nas últimas semanas; e exorta o governo romeno a empreender uma investigação completa dos fatos e a tomar medidas decisivas para pôr fim a todas as perseguições religiosas dentro de seus territórios

Liberdade Religiosa e Liberdade da Alma

Uma resolução sobre Liberdade Religiosa, elaborada pelo Dr. Clifford, Presidente Mullins e Dr. Truett, foi aprovada da seguinte forma:-
"É o sentido deste corpo que, neste período de reconstrução e reajuste na vida civil e religiosa das nações do mundo, após a guerra mundial, é da maior importância que a plena liberdade religiosa seja concedida a todos os povos que agora não a desfrutam.

Romênia

Este Congresso, representando os batistas do mundo, registra sua angústia e indignação por o governo romeno não ter conseguido assegurar os direitos das minorias religiosas e por não ter verificado ou impedido numerosos atos de perseguição por parte dos órgãos locais de administração.

Graças aos batistas suecos

Apreciando profundamente os cuidadosos esforços de nossos irmãos suecos no longo trabalho de preparação para esta terceira sessão da Aliança Mundial Batista, e tendo especialmente em mente os fiéis serviços de amor prestados pelo Dr. C. E. Benander, Dr. J. Bystrom, o Rev. K. A. Modén e outros, que durante muitos meses trabalharam incansavelmente pelo seu sucesso, consideramos um prazer distinto registrar nossos cordiais agradecimentos. Estamos certos de que nada tem faltado nos preparativos, e que nenhuma dor foi poupada para garantir o conforto e o bem-estar das centenas de delegados presentes.

Paz Internacional

Os membros da Aliança Mundial Batista, reunidos em Estocolmo, reconhecem com gratidão que há muitos sinais de esperança no horizonte distante, apesar do fato de que o espírito de guerra ainda está em ação entre as nações. O sentido do horror e da maldade da guerra se queimou profundamente no coração e na consciência de todos os membros de nossas igrejas.

Delegados russos

A Aliança Batista Mundial expressa sua gratificação pelo fato de os delegados russos terem podido participar do Congresso, e lhes dá as boas vindas de coração. Ela sente que a situação é agora mais favorável para a realização do propósito original do Fundo do Colégio, e remete todo o assunto, incluindo as propostas do Dr. Cree, para a cuidadosa consideração do Comitê Executivo. O Executivo está autorizado a tomar qualquer outra orientação que possa ser aconselhável com as respectivas Diretorias.

União Mundial de Jovens Batistas

Que agora seja formada a União Mundial de Jovens Batistas, cujo objetivo será a união dos jovens batistas em todos os países; a contribuição, filiação e organização serão discutidas e determinadas pelo Comitê Mundial de Jovens Batistas.

Temperança

Que este Congresso dê sua total aprovação ao importante trabalho que está sendo realizado nas e através das igrejas batistas do mundo para assegurar, pela adoção do princípio e da prática da Abstinência Total, e pela ação governamental, a remoção dos males forjados pelo uso de bebidas intoxicantes, e a eliminação total do tráfico de bebidas.

Obrigado pela ajuda em tempo de aflição

O Rev. F. W. Simoleit, da Alemanha, apresentou uma resolução de agradecimento dos muitos grupos de batistas sofredores do continente, àqueles que os haviam sucedido, e foi aceita.

Resolução Felicitando os Batistas da Suécia

Parabéns especiais também pelo maravilhoso progresso feito pelos batistas suecos em seus 75 anos de história, e pela singular devoção demonstrada em que, para cada 600 membros, eles mantêm um missionário no exterior, ficando assim à frente de todas as terras a este respeito.

1923 BWA World Congress Message

O Terceiro Congresso Mundial Batista, realizado em Estocolmo, Suécia, em julho de 1923, e representando com poucas exceções os batistas de todos os países do mundo, uma circunscrição eleitoral que conta com dez milhões de batizados e muitos milhões de aderentes, em vista das condições mundiais e enfrentando resolutamente os problemas do futuro, faz esta declaração de princípios e propósitos batistas aos cristãos e povos do mundo.

1928 BWA World Congress Message

1928 BWA World Congress Message Extract From the Foreword by J. H. Rushbrooke: Será observado que a assembléia em Toronto não adotou nenhuma resolução formal. Ficou claro no decorrer da semana que (especialmente porque a Aliança não é um executivo ou um...

Resolução de agradecimento

Resolução 1934.9 187 do Congresso Mundial do BWA. O Secretário Associado Honorário, Dr. Clifton D. Gray, ao falar sobre o assunto, "O que este Congresso realizou", moveu a seguinte Resolução de Agradecimento em nome do Comitê de Resoluções, com particular...

Resolução sobre o progresso social

Considerando que saudamos com alegria o fato de que a Aliança Batista Mundial está dando um lugar tão grande ao aspecto social do evangelho e ao dever do povo cristão para com a sociedade humana; e
Considerando que existe uma convicção crescente de que o cristianismo deve dominar a vida humana em todas as suas relações, que é propósito de Cristo trazer as bênçãos do reino para a vida de todos os homens e que é dever do homem aplicar os princípios cristãos às condições existentes na sociedade humana, e

Em relação à Paz

"Que esta Aliança Batista Mundial, representando oito milhões (8.000.000) e mais de batistas em toda a Terra, expresse sua gratidão a Deus pelas perspectivas brilhantes da extinção da guerra e da chegada da paz universal e da boa vontade.

A Coroação do Rei Jorge V e da Rainha Maria

Que esta Aliança Batista Mundial, representando oito milhões (8.000.000) de membros, e agora reunida na Cidade de Filadélfia, expressa sua alegria com a adesão do Rei George V. e Rainha Maria ao trono do Império Britânico, e implora respeitosamente que dêem seus sinceros e sinceros parabéns por sua coroação na Abadia de Westminster, e reza para que Deus abençoe abundantemente seu reinado, fazendo-o emitir na crescente felicidade e bem-estar do povo, na mais ampla oscilação de justiça e pureza, na manutenção e extensão da paz, e na promoção da fraternidade e da boa vontade entre todos os homens.

Ao Presidente dos Estados Unidos

A Aliança Baptista Mundial, em sessão na Filadélfia, pede para expressar suas respeitosas saudações ao Presidente dos Estados Unidos como Chefe do Executivo da grande República dentro de cujas fronteiras a Aliança se encontra. Ela lhe assegura sua gratidão pela acolhida que foi concedida a seus membros na América. Ela oferece uma oração sincera por longos e úteis anos de crescente serviço pessoal e público em nome da grande causa da humanidade, e dá graças a Deus por sua grande contribuição para a causa da paz.

Os Jovens Batistas

Nesta primeira reunião realizada no interesse dos jovens batistas de todo o mundo reunidos na Filadélfia, 20 de junho de 1911, nós, delegados e visitantes da segunda sessão da Aliança Mundial Batista, desejamos registrar nossas opiniões a respeito do trabalho para nossos jovens na seguinte declaração e resoluções:

Relatório do Comitê de Congressos Futuros

O relatório do Comitê sobre Congressos Futuros foi apresentado como segue pelo Rev. L. A. Crandall, D.D., de Minneapolis, que moveu sua adoção. Este foi secundado por seu Juiz de Honra W. Willis, K.C., de East Dereham, apoiado pelo Rev. J. Clifford, M.A., D.D., de Londres, e levado a cabo por unanimidade:

Congressos futuros

Com a moção do Presidente, secundada pelo Sr. Herbert Marnham, de Londres, foi decidido:- "Que o Presidente seja autorizado a nomear um Comitê sobre futuros Congressos com o Rev. J. N. Prestridge, D.D., e o Rev. J. H. Shakespeare, M.A., como Conveners, que se reportará na sessão matutina de 17 de julho de 1905.

Telegrama ao Rei Eduardo VII

Foi transferida da Presidência, secundada pelo Rev. J. N. Prestridge, D.D., do Kentucky, e decidiu por unanimidade enviar a seguinte mensagem a Sua Majestade o Rei Edward VII:
Que Vossa Majestade...
Nós, ministros e delegados das Igrejas Batistas no Reino Unido, as Colônias Britânicas, América e várias outras terras, representando mais de 7 milhões de comunicantes, reunidos no Congresso Mundial Batista, desejamos expressar nossa alegria de nos reunirmos nesta terra tão querida a todos os amantes da religião e da liberdade.